Preenchimento

O processo de envelhecimento facial envolve a perda de volume, principalmente na região malar (“maçãs” do rosto), o aparecimento de rugas estáticas (rugas estabelecidas e que independem a mímica facial) e a intensificação de sulcos naturais, como o sulco entre a boca e as bochechas e a depressão que se forma abaixo das pálpebras inferiores.

Os preenchedores são uma opção para pacientes com sinais iniciais de envelhecimento, para pacientes que não desejam se submeter a procedimento cirúrgico ou mesmo como tratamento complementar ao procedimento cirúrgico.

Indicados para o preenchimento de rugas estáticas (localizadas geralmente entre as sobrancelhas, na testa, ao redor dos lábios e ao redor dos olhos), sulcos marcados (sulco nasogeniano e sulco nasojugal) e para pacientes que desejam repor volume facial (lábios ou “maças” do rosto).

Por serem absorvíveis e terem um baixo índice de complicações, o acido hialurônico é o mais indicado. É uma substância encontrada no corpo humano, porém o ácido hialurônico comercializado não é derivado de origem animal.

O procedimento é ambulatorial, feito sob anestesia local e não requer repouso. Dependendo da densidade do produto, os efeitos do tratamento duram de 8 a 10 meses em média.