Peeling químico

Consiste na aplicação de substâncias químicas que promovem a descamação da pele e sua regeneração. Indicado para tratamento de manchas senis, pigmentação irregular da pele, sardas, rugas finas e médias e pele áspera e descamativa.

Dependendo da substância a ser utilizada, os peelings podem ser superficiais, médios ou profundos.

Durante o procedimento, pode haver certo ardor e desconforto, sintomas que são neutralizados após a retirada da substância. Após o procedimento, pode haver descamação importante, vermelhidão e até mesmo o aparecimento de crostas que não devem ser removidas.