Sobre Anestesia

A anestesia pode ser definida como o estado de total ausência de dor e outras sensações durante um procedimento cirúrgico (operação) ou diagnóstico. 

Se você necessitar de anestesia para uma cirurgia ou exame, não se preocupe. Você ficará anestesiado durante todo o procedimento, pois a anestesia só terminará depois que tudo estiver concluído. Outros recursos para prevenir e tratar a dor serão utilizados para proporcionar conforto no seu pós-operatório.

A anestesia deve ser realizada somente por médicos especialistas em anestesiologia, popularmente chamados de anestesistas. Para se tornar um médico anestesiologista, é necessário cursar seis anos de uma faculdade de medicina e, depois disto, dedicar mais três anos numa especialização em anestesiologia. Os anestesiologistas cuidam de você durante toda a cirurgia, controlando a pressão arterial, pulso, ritmo cardíaco, respiração, temperatura e outras funções orgânicas fundamentais. O médico anestesiologista estará ao seu lado durante todo o tempo da cirurgia exclusivamente para cuidar de você, mesmo que você não perceba ou não se lembre de nada depois da anestesia.

Existem diversos tipos de substâncias anestésicas. Os anestésicos locais normalmente são injetados próximos aos nervos, enquanto os anestésicos gerais são administrados por via intravenosa e inalatória. Todos proporcionam anestesias adequadas. A escolha do anestésico varia de acordo com o tempo e o tipo de procedimento a ser realizado. As condições físicas e emocionais de cada paciente também influenciam esta escolha.

Primeiro, o médico anestesiologista o examinará prestando informações e orientações sobre a anestesia. Na noite anterior e cerca de uma hora antes da cirurgia, você poderá receber algum medicamento (em comprimido ou injeção). Isto pode ser indicado para tornar mais confortável para vocêo transporte e a chegada ao centro cirúrgico. 

Por pelo menos oito horas antes da cirurgia, você deve ficar em jejum completo. Neste período, você ficará proibido de comer, beber ou mascar qualquer tipo de alimento (seja sólido, líquido ou pastoso). Você deverá ficar em jejum completo mesmo: nada é permitido, nem mesmo água ou gelo! Diga ao médico anestesiologista os nomes de todos os remédios que você toma regularmente ou tomou recentemente. Em especial, enumere aqueles a que você tem ou já teve alergia. Você também deverá informar ao médico anestesiologista o uso de quaisquer tipos de prótese dentária. Ele determinará a necessidade de retirá-la antes da cirurgia. O cigarro deve ser interrompido pelo menos 15 dias antes da operação. Mas, se não for possível, tente reduzi-lo ao mínimo.

Com instrumental, técnicas, conhecimentos e medicamentos modernos, o médico anestesiologista reduz ao mínimo os riscos de acidentes anestésicos. No entanto, sua colaboração é fundamental. Portanto, respeite todas as orientações passadas.

Isto depende bastante da operação, do tempo de trabalho e da complexidade. Tudo deve ser combinado previamente. Você receberá informações específicas sobre os honorários do médico anestesiologista.